03 setembro 2018

Você é quântica e pode tudo! [Chave da Abundância #3]

Nas Chaves da Abundância #1 e #2 vimos que o pensamento "não tenho o suficiente" pode chegar automaticamente e tomar conta do seu diálogo interno, criando um mindset de escassez. Isso pode virar um hábito, uma programação mental que molda sua realidade.

Então, isso leva a refletir como seria sua vida se a escassez fosse uma mentira? Se deixasse de ter importância para você? O que seria possível alcançar? Pare, respire e pense nisso por um instante...ideias mágicas podem vir à mente!Muita gente ainda duvida do poder dos pensamentos para ativar a abundância. Por isso, vou falar um pouco sobre os quatro domínios da existência. O entendimento destes domínios demonstra que omundo é quântico, e não apenas material, pois tudo o que existe é formado por energia.

Não estou inventando isso, é claro! A Ciência, por meio da Física Quântica, já comprovou a mais de cem anos, por meio de diversos experimentos e pesquisas científicas, que a base de tudo é energia. Então, te pergunto: o que você vai fazer com esta informação?

É mais simples do que parece: ser quântica significa que nossos corpos, todos os objetos e até mesmo o dinheiro é formado, no nível essencial (microscópico) por energia. Sim, tudo o que existe concretamente é uma forma de energia em estado condensado, pode acreditar.

De acordo com este princípio, para prosperar precisa aprender a lidar com o invisível, com aquilo que você não pode ver, mas que pode pensar e sentir.

Fluir com a vida e experimentar uma existência abundante envolve lidar com os quatro domínios da existência, são eles: o campo espiritual, que envolve o alcance de significado na vida e a tendência energética das pessoas; o campo mental, formado pelos pensamentos; o campo emocional, que reúne as emoções e é integrado aos pensamentos e, finalmente, o campo físico, que inclui nossos corpos, os seres e objetos visíveis e o dinheiro!

Aquilo que você não poder ver é tão real quanto aquilo que você pode tocar. Duvida? Então pense na energia elétrica ou na Lei da Gravidade, que tem efeito mesmo que você não pensa nisso.

O domínio físico é a impressão dos outros três domínios e seu mundo espiritual, mental e emocional são como a programação. Projetos, negócios, dinheiro, saúde e até mesmo o seu peso corporal são resultados dos seus pensamentos e emoções. Dinheiro nunca é o problema. A falta ou excesso dele é apenas o efeito, a consequência do que está acontecendo dentro de você. A causa é sempre interna.

No campo espiritual está a fonte de tudo: o significado que você atribui aos acontecimentos, sua visão de mundo e de possibilidades, sua tendência energética. Então, para transformar sua realidade concreta precisa transformar sua realidade interna, esta parte invisível.

É por isso que nos programas de desenvolvimento feminino que realizo nos dedicamos a apontar caminhos para você criar um campo mental positivo; isso permite seguir seus impulsos que vêm da essência, fazendo escolhas a partir de um lugar de confiança, e não mais do medo.

Decisões baseadas no medo trazem mais insegurança e mais problemas (como clientes, chefes ou colegas inseguros, negativos e difíceis de se relacionar), enquanto decisões baseadas na confiançae na alegria trazem mais estabilidade, mais alegria e as pessoas certas, que são autoconfiantes, prósperas e mais agradáveis. Isso é uma questão de causa e efeito, pois vivemos num mundo causal.

Quando compreendi estes princípios pude, finalmente, parar de culpar o mundo pelas coisas que não aconteciam do jeito que eu queria e assumir uma responsabilidade incondicional por transformar meu mundo interior. Aos poucos, a realidade exterior foi se modificando como consequência dessa mudança interna até que pude entrar no fluxo e degustar o sabor indescritível que é viver em espontaneidade, contentamento e alegria.

É claro que este percurso envolve uma série de descobertas e autoconhecimento!

Quer saber mais e interagir comigo ao vivo?
Inscreva-se para a MasterClass 
que vou oferecer de 5 a 7 de Setembro.

Já vai começar, corre e segura sua vaga!
Inscreva-se gratuitamente aqui.

Seguimos com as Chaves da Abundância.

23 agosto 2018

Seguir adiante apesar do medo


Na semana passada compartilhei com você a Chave da Abundância #1: abrir mão da dúvida! 

O tema de hoje é uma chave mestra para cultivar a mente abundante: seguir adiante apesar do medo leva você a realizar sonhos rapidamente!

Escolhi este tema hoje por que uma vida abundante envolve reprogramar a mente para sintonizar com a frequência da abundância. Ela é uma lei Universal, parte da sua natureza também. Perceba como tudo que é natural expande espontaneamente. Para estar alinhada a este princípio, a tarefa é remover as ilusões ou falsas concepções que te afastam desta verdade. Já pensou?


Uma das principais armadinhas que pode te afastar do fluxo e afeta a maioria das pessoas é o medo do desconhecido. Pois é...desejamos uma vida diferente, mas acabamos nos apegando ao que é familiar e criamos a chamada “zona de conforto”. Este “lugar” não é tão confortável, mas conhecido e traz uma sensação de domínio ou previsibilidade, e por isso as pessoas resistem a enfrentar o novo.

Mas, sei que você tem sonhos e aspirações, não é mesmo?! Então estou passando por aqui hoje para relembrar que seus sonhos, e tudo aquilo que você deseja alcançar, está fora da sua zona de conforto. Isso você já sabe!

Para ter o que você nunca teve, você terá que fazer o que você nunca fez, e fazer diferente envolve criar um campo mental mais positivo, em que você toma decisões a partir da confiança, e não mais do medo. Na prática, estamos falando de abrir mão de alimentar as reclamações e aprender a lidar com o medo no dia a dia. 

Quando reclamamos, estamos pensando que as coisas não deveriam ser como são, isso gera uma briga interna e o medo das coisas darem errado ou continuarem como estão. O medo nada mais é do que pensamentos que geram descargas de adrenalina e geram uma sensação de insegurança no corpo, um disparo para fugir ou enfrentar a situação. Isso é totalmente natural e muito ancestral.



O problema é que a vida moderna oferece múltiplas situações que a mente interpreta como perigos, todos os dias, e isso cria um monte de histórias na nossa cabeça, um mundo de pré-ocupações que são, na imensa maioria das vezes, fantasias. Isso está fazendo sentido para você?

Já tive fases de medos paralisantes em que minha imaginação me levou a lugares difíceis. Aprendi a superar isso com respiração consciente e me permitindo sentir o medo, até dissolvê-lo. Quer experimentar? É realmente mágico quando você aprende a dissolver sensações!


Aqui vai uma prática simples e rápida: respire fundo agora. Feche seus olhos e continue observando a respiração. Observe as sensações físicas: seus pés, suas perna...sinta cada parte do corpo agora. Observe como está se sentindo...deixe as sensações fluírem, não brigue com isso. Agora, observe os pensamentos, veja eles passarem pelo seu campo mental...indo e vindo, sem encorajar, sem se apegar às histórias. Perceba tudo acontecendo aí dentro. Observe e deixe passar. Sinta o que vier até aliviar.

Conseguiu observar seus pensamentos ou emoções? Somos quânticos e estamos além de tudo isso. Você pode liderar sua própria vida e esvaziar o excesso de carga tensa aí dentro. Então, pode também colocar atenção em pensamentos construtivos, cultivar novas sensações, assim tomar ações construtivas e fazer brilhar uma nova realidade.

Seus pensamentos criam suas emoções, que geram suas ações. Você molda a sua realidade.

Se quiser compartilhar comigo o que está acontecendo ao ler a série, vou adorar!

Nos vemos já, com a Chave da Abundância #3.

Com alegria,

Clarissa

17 agosto 2018

Chave da Abundância #1: abrir mão da dúvida!


Já parou para pensar que abrir mão da dúvida transforma você numa pessoa mais poderosa e confiante?

Na mensagem anterior, em que apresentei a série 30 Chaves da Abundância (serão 30 insights sobre este instigante tema, disponíveis no blog e no Instagran), falamos que sucesso é ser você e que abundância é sua condição natural.

Sendo assim, o que ainda impede a maioria das pessoas de fluir plenamente na carreira, nos negócios, na vida? De onde vem este sentimento de constante esforço e incerteza para conseguir as coisas e como superar isso para acessar um campo de novas possibilidades e alegria?

Viver em abundância é estar num estado de fluidez e confiança. O dinheiro é apenas uma das manifestações materiais da abundância. É um instrumento de troca, e acabamos criando muita história em torno do que deveria ser apenas uma ferramenta.

Podemos vivenciar a abundância na forma como lidamos com o amor nos relacionamentos, com o tempo, a saúde e também com o dinheiro, e é muito comum que o pensamento “não tenho o suficiente” venha automaticamente. Se você não estiver atenta, o pensamento centrado na escassez pode tomar conta do seu diálogo interno. Isso vira um hábito, uma programação mental que molda sua realidade.

A escassez é uma grande mentira, uma imensa ilusão. Iremos falar mais sobre isso durante a série. Pelo momento, te convido a lembrar que abrir mão da dúvida transforma você numa mulher poderosa e confiante. Sim, a dúvida é uma das principais portas de entrada para o sentimento de escassez, e isso compromete sua qualidade de vida e seus resultados.

Veja: toda empreendedora quer ter mais clientes e toda profissional quer prosperar, mas quem confia plenamente na sua própria capacidade? Como suas clientes e as outras pessoas podem contar com você se você não confiar em você mesma? Precisa parar de duvidar da sua capacidade, parar de questionar se vai dar certo, parar de questionar se este é um bom negócio, parar de alimentar as dúvidas.

Como se faz isso? Em primeiro lugar, observando seus pensamentos e percebendo o quanto você alimenta a dúvida. Veja a dúvida, sinta a dúvida. Observe e procure não julgar a si mesma, seja apenas uma expectadora. Em seguida, após sentir e perceber como isso te afeta, é hora de tirar a atenção da dúvida, mudar o foco da atenção.

A energia flui para onde está a atenção. E tudo o que você coloca energia expande. Se você coloca atenção na dúvida, vai energizar isso até sentir-se perturbada ou paralisada, e não vai achar uma resposta, pois a mente que faz a pergunta não pode ser a mesma que trará as respostas!

Sabemos que a economia do país está engatinhando, mas isso não é motivo para duvidar da sua capacidade. E tem muita gente enriquecendo na crise. Assim, te convido a fazer a prática de observar a dúvida e, em seguida, tirar a atenção da dúvida. 

Tome nota das duas percepções, e se quiser compartilhar comigo o que está acontecendo, vou adorar!

15 agosto 2018

De volta com chaves da abundância!

Algumas semanas atrás anunciei o início da série 30 Chaves da Abundância, uma sequência com 30 insights sobre este instigante tema.
A vontade de compartilhar sempre é grande, porém sentia que algo ainda estava desencaixado, me segurando. Alguma vez você já sentiu um impulso de fazer algo importante e, em seguida, outro impulso numa direção diferente?

Pois foi exatamente assim esses dias. O friozinho apertou e fui voltando a atenção mais para dentro. Aprofundei os processos internos, me retirei e me observei de verdade. Sendo mulheres, somos cíclicas. Há tempos de se recolher e outros de ir para fora. Quando nos sintonizamos com a tendência energética de cada fase, tudo flui com mais espontaneidade e harmonia.

Foi num desses dias de quietude que relembrei um princípio fundamental que impacta a forma como fluímos com a vida e experimentamos a abundância e o sucesso. Este princípio sempre esteve aqui e nos cerca a cada instante. No entanto, muitas vezes nos esquecemos dele e ficamos agitadas, em busca de fazer mais coisas a todo instante.

Foi olhando para dentro e entrando no silencio que um insight me visitou. Aquela voz suave dentro da minha cabeça apenas sussurrou: ei, garota, você não precisa fazer nada para ter abundância, pois a abundância já é sua condição natural, imutável e inata. Você precisa simplesmente ser abundante!

Parei, respirei e percebi uma vez mais que a chave para fluir e acessar mais facilidade e alegria nas experiências é reconhecer a si mesma como abundante. Simples assim. Quando compreendemos isso, podemos perceber que sucesso é mais uma questão de ser do que de ter.

É fato que na rotina, em meio às responsabilidades incessantes, a mente fica barulhenta, parece que esta verdade acaba escapando e pode surgir a insegurança, a dúvida, o medo da escassez. Você já se perguntou como lidar com isso?

As vivências que tenho acumulado nos últimos 7 anos como empreendedora me mostraram que a principal tarefa para fluir e vivenciar o sucesso é remover os obstáculos que ainda te impedem este reconhecimento (para mim, sucesso é ser quem eu sou, e para você?).

Você pensa que os obstáculos estão lá fora concretamente e, quando você acredita que algo te impede, adivinha o que acontece? Assim se faz, por que você é infinitamente criativa. Sim, você tem o poder de influenciar o que se manifesta como sua realidade.

Assim, abundância é uma questão de mentalidade. Não é algo que você vai lá fora buscar com alguém. Você já é criativa, abundante e cheia de sabedoria. Só precisa reconhecer para manifestarisso.

Como seria se o dia em que você acorda de manhã e se dá conta que já é quem precisa ser para manifestar os seus ideais? Sentindo-se plenamente merecedora de prosperar e acreditando ser possível realizar todo seu potencial? Qual mudanças seria capaz de criar?

Esse dia começa agora. E agora sim, vem a nossa série 30 Chaves da Abundância.

Teremos artigos aqui no blog e pílulas de mindset da abundância em meu novo canal do Instagran, o Chaves da Abundância. Segue aqui!

Pronta para viver a vida de dentro para fora?

Nos vemos!

30 maio 2018

30 Chaves para Ativar Abundância

Nos últimos dias, tenho percebido que escassez é a principal palavra que circula na mídia, redes sociais, nas ruas, já notou? Sem dúvida, isso está impactando a forma como muitas pessoas tocam suas vidas e os resultados que alcançam no trabalho.

Gostaria de saber como você está, e venho perguntar: como está lidado com este momento de intensas mudanças? Está conseguindo observar o efeito da crise no seu estado emocional e evitar ser dominada pela negatividade geral?

Este ano estou completando sete anos de atuação como coach e mentora de negócios e carreira. Neste caminho, aprendi que cuidar do padrão mental responde por 80% dos resultados que alcançamos. Pode acreditar!

Com isso, quero dizer que seus pensamentos habituais exercem uma influência imensa na forma como você toma decisões e como age no dia-a-dia. Assim, o pensamento “não tenho o suficiente” vem automaticamente e pode tomar conta do seu diálogo interno. Isso vira um hábito, uma programação mental que molda sua realidade.


Com certeza a situação atual desafia, e muito, nosso equilíbrio e paciência, e tem sido desafiador também para mim. No entanto, compreender que há uma restrição na distribuição de recursos é diferente de comprar a ideia que vivemos num mundo de escassez, onde tudo falta.

Escassez é a grande mentira que vem sendo contata a séculos e que mantém as pessoas no medo, na luta e na competição. O medo de faltar é um fenômeno mundial que afeta ricos e pobres e que se intensifica em momentos onde há maior restrição na circulação dos recursos, como agora.

De toda forma, em momentos como este que nosso País atravessa o pensamento “não temos o suficiente” se alastra como uma praga e a tendência é a retração pelo medo. Por isso, é preciso tomar cuidado com atitudes impulsivas e evitar envolver-se em discussões, que somente trazem mais problemas.

Para sair dessa, vejo como importante ter clareza que enfrentamos um problema de distribuição dos recursos, e isso é diferente de acreditar que vivemos num mundo de escassez ou que “somos escassos”, afinal, a causa desta restrição é humana e política, estando longe de ser uma condição natural.

Qual a importância disso? Tomamos decisões a partir do que acreditamos ser possível e da forma que você acreditar, assim decidirá, e assim será!

Todas as pessoas desejam uma vida abundante e para transformar nossa realidade atual precisamos, em primeiro lugar, nos adaptar, sermos flexíveis e retomar a confiança para fazer escolhas a partir de uma intenção de crescimento. Esse é o primeiro passo para reprogramar nossa mente e sintonizar com a frequência da abundância. Simmm...abundância é uma frequência e vamos falar mais sobre isso.

A mente abundante é um tema que me fascina! Por isso, vou compartilhar aqui aprendizados, ferramentas e oportunidades para crescimento na carreira e nos negócios por meio de uma série que intitulei “30 Chaves para Ativar a Abundância”.

Gostou? Serão 30 princípios para sintonizar construir prosperidade, mesmo em tempos de crise. Tudo isso inspirado nos 30 meses em que estudei empreendedorismo e liderança na Califórnia e nesta jornada empreendedora intensa e repleta de lições que batem à minha porta todos os dias.

Ficarei muito contente em interagir com você, receber seus feedbacks e que temas gostaria de saber mais.

Como superar o medo da Escassez?



Você sente que ainda não tem dinheiro suficiente ou tem medo de perder o que já conquistou?

Poucas pessoas parecem admitir, mas conviver com mulheres em diferentes contextos nos últimos anos me fez perceber que, no fundo, temos os mesmos desafios, vulnerabilidades e pouco espaço para falar sobre como alcançar prosperidade e liberdade financeira respeitando a nossa natureza feminina.
Em minha profissão convivo diariamente com empreendedoras que estão tocando pela primeira vez o próprio negócio e executivas que ocupam posição de liderança em grandes empresas. Algumas ganham bastante dinheiro, outras estão empenhadas em aprender a gerar o próprio sustento e crescimento.

Sabe o que elas têm em comum? Talvez você se surpreenda, pois a princípio isso me intrigou: independente do saldo bancário ou das posses que elas têm, a maioria vive com um medo secreto da escassez que gera um permanente estado de alerta e preocupação. Sabe aquela ideia de que “ainda não estou ganhando o suficiente” ou “e se alguma coisa acontecer”? Bate uma exaustão, não é?

Pois bem, percebi que ainda vivemos a maior parte do tempo com medo de faltar, e que este é um fenômeno mundial, que afeta ricas e pobres. Nos afeta. Me afeta. Afeta as grandes milionárias, pois existe o medo de perder o que já conquistou, o medo de não conquistar o que quer, de não conseguir se tornar quem você quer ser ou, simplesmente, sentir que não está encontrando satisfação com o que ganha ou na forma como utiliza o seu dinheiro.

Ideias como "não tenho tempo suficiente, não tenho conhecimento ou experiência suficiente, não dormi o suficiente, não fiz exercícios o suficiente, não tenho clientes o suficiente, não sou bonita o suficiente"...podem vir automaticamente e tomar a maior parte de nosso diálogo interno, de nosso tempo. Isso vira pode formar um padrão mental que molda sua realidade, pois acaba criando uma existência pautada pela insatisfação.

Tenho visto muita gente ressoar com estas ideias. Passei boa parte da vida numa "caça" desenfreada para conquistar o que eu achava que estava faltando, até que cansei de olhar a metade do copo vazio e resolvi investigar uma nova possibilidade para ser mais próspera e realizada.


Graças a uma mudança de padrão mental alcancei uma nova perspectiva e hoje levo a lida com mais confiança e leveza, e me sinto profundamente inspirada em trazer mais clareza para esta grande mentira que é a escassez. Isso é sério, pois um padrão mental apoiado na escassez é o principal obstáculo que impede empreendedoras e executivas de ter autoconfiança e liberdade financeira.

Quando parei e busquei ajuda profissional de quem já chegou aonde eu queria estar, quando considerei uma nova possibilidade, pude começar a ativar a abundância em minha própria vida para valer, e tudo mudou.

Então, hoje pergunto: se essa sensação de “não ter o suficiente” deixasse de estar presente para você, quem poderia se tornar e o que poderia alcançar?


Se este assunto toca você, quero que saiba que estou aqui para conversar e descobrimos juntas como você pode se fortalecer neste momento.