15 agosto 2018

De volta com chaves da abundância!

Algumas semanas atrás anunciei o início da série 30 Chaves da Abundância, uma sequência com 30 insights sobre este instigante tema.
A vontade de compartilhar sempre é grande, porém sentia que algo ainda estava desencaixado, me segurando. Alguma vez você já sentiu um impulso de fazer algo importante e, em seguida, outro impulso numa direção diferente?

Pois foi exatamente assim esses dias. O friozinho apertou e fui voltando a atenção mais para dentro. Aprofundei os processos internos, me retirei e me observei de verdade. Sendo mulheres, somos cíclicas. Há tempos de se recolher e outros de ir para fora. Quando nos sintonizamos com a tendência energética de cada fase, tudo flui com mais espontaneidade e harmonia.

Foi num desses dias de quietude que relembrei um princípio fundamental que impacta a forma como fluímos com a vida e experimentamos a abundância e o sucesso. Este princípio sempre esteve aqui e nos cerca a cada instante. No entanto, muitas vezes nos esquecemos dele e ficamos agitadas, em busca de fazer mais coisas a todo instante.

Foi olhando para dentro e entrando no silencio que um insight me visitou. Aquela voz suave dentro da minha cabeça apenas sussurrou: ei, garota, você não precisa fazer nada para ter abundância, pois a abundância já é sua condição natural, imutável e inata. Você precisa simplesmente ser abundante!

Parei, respirei e percebi uma vez mais que a chave para fluir e acessar mais facilidade e alegria nas experiências é reconhecer a si mesma como abundante. Simples assim. Quando compreendemos isso, podemos perceber que sucesso é mais uma questão de ser do que de ter.

É fato que na rotina, em meio às responsabilidades incessantes, a mente fica barulhenta, parece que esta verdade acaba escapando e pode surgir a insegurança, a dúvida, o medo da escassez. Você já se perguntou como lidar com isso?

As vivências que tenho acumulado nos últimos 7 anos como empreendedora me mostraram que a principal tarefa para fluir e vivenciar o sucesso é remover os obstáculos que ainda te impedem este reconhecimento (para mim, sucesso é ser quem eu sou, e para você?).

Você pensa que os obstáculos estão lá fora concretamente e, quando você acredita que algo te impede, adivinha o que acontece? Assim se faz, por que você é infinitamente criativa. Sim, você tem o poder de influenciar o que se manifesta como sua realidade.

Assim, abundância é uma questão de mentalidade. Não é algo que você vai lá fora buscar com alguém. Você já é criativa, abundante e cheia de sabedoria. Só precisa reconhecer para manifestarisso.

Como seria se o dia em que você acorda de manhã e se dá conta que já é quem precisa ser para manifestar os seus ideais? Sentindo-se plenamente merecedora de prosperar e acreditando ser possível realizar todo seu potencial? Qual mudanças seria capaz de criar?

Esse dia começa agora. E agora sim, vem a nossa série 30 Chaves da Abundância.

Teremos artigos aqui no blog e pílulas de mindset da abundância em meu novo canal do Instagran, o Chaves da Abundância. Segue aqui!

Pronta para viver a vida de dentro para fora?

Nos vemos!

30 maio 2018

30 Chaves para Ativar Abundância

Nos últimos dias, tenho percebido que escassez é a principal palavra que circula na mídia, redes sociais, nas ruas, já notou? Sem dúvida, isso está impactando a forma como muitas pessoas tocam suas vidas e os resultados que alcançam no trabalho.

Gostaria de saber como você está, e venho perguntar: como está lidado com este momento de intensas mudanças? Está conseguindo observar o efeito da crise no seu estado emocional e evitar ser dominada pela negatividade geral?

Este ano estou completando sete anos de atuação como coach e mentora de negócios e carreira. Neste caminho, aprendi que cuidar do padrão mental responde por 80% dos resultados que alcançamos. Pode acreditar!

Com isso, quero dizer que seus pensamentos habituais exercem uma influência imensa na forma como você toma decisões e como age no dia-a-dia. Assim, o pensamento “não tenho o suficiente” vem automaticamente e pode tomar conta do seu diálogo interno. Isso vira um hábito, uma programação mental que molda sua realidade.


Com certeza a situação atual desafia, e muito, nosso equilíbrio e paciência, e tem sido desafiador também para mim. No entanto, compreender que há uma restrição na distribuição de recursos é diferente de comprar a ideia que vivemos num mundo de escassez, onde tudo falta.

Escassez é a grande mentira que vem sendo contata a séculos e que mantém as pessoas no medo, na luta e na competição. O medo de faltar é um fenômeno mundial que afeta ricos e pobres e que se intensifica em momentos onde há maior restrição na circulação dos recursos, como agora.

De toda forma, em momentos como este que nosso País atravessa o pensamento “não temos o suficiente” se alastra como uma praga e a tendência é a retração pelo medo. Por isso, é preciso tomar cuidado com atitudes impulsivas e evitar envolver-se em discussões, que somente trazem mais problemas.

Para sair dessa, vejo como importante ter clareza que enfrentamos um problema de distribuição dos recursos, e isso é diferente de acreditar que vivemos num mundo de escassez ou que “somos escassos”, afinal, a causa desta restrição é humana e política, estando longe de ser uma condição natural.

Qual a importância disso? Tomamos decisões a partir do que acreditamos ser possível e da forma que você acreditar, assim decidirá, e assim será!

Todas as pessoas desejam uma vida abundante e para transformar nossa realidade atual precisamos, em primeiro lugar, nos adaptar, sermos flexíveis e retomar a confiança para fazer escolhas a partir de uma intenção de crescimento. Esse é o primeiro passo para reprogramar nossa mente e sintonizar com a frequência da abundância. Simmm...abundância é uma frequência e vamos falar mais sobre isso.

A mente abundante é um tema que me fascina! Por isso, vou compartilhar aqui aprendizados, ferramentas e oportunidades para crescimento na carreira e nos negócios por meio de uma série que intitulei “30 Chaves para Ativar a Abundância”.

Gostou? Serão 30 princípios para sintonizar construir prosperidade, mesmo em tempos de crise. Tudo isso inspirado nos 30 meses em que estudei empreendedorismo e liderança na Califórnia e nesta jornada empreendedora intensa e repleta de lições que batem à minha porta todos os dias.

Ficarei muito contente em interagir com você, receber seus feedbacks e que temas gostaria de saber mais.

Como superar o medo da Escassez?



Você sente que ainda não tem dinheiro suficiente ou tem medo de perder o que já conquistou?

Poucas pessoas parecem admitir, mas conviver com mulheres em diferentes contextos nos últimos anos me fez perceber que, no fundo, temos os mesmos desafios, vulnerabilidades e pouco espaço para falar sobre como alcançar prosperidade e liberdade financeira respeitando a nossa natureza feminina.
Em minha profissão convivo diariamente com empreendedoras que estão tocando pela primeira vez o próprio negócio e executivas que ocupam posição de liderança em grandes empresas. Algumas ganham bastante dinheiro, outras estão empenhadas em aprender a gerar o próprio sustento e crescimento.

Sabe o que elas têm em comum? Talvez você se surpreenda, pois a princípio isso me intrigou: independente do saldo bancário ou das posses que elas têm, a maioria vive com um medo secreto da escassez que gera um permanente estado de alerta e preocupação. Sabe aquela ideia de que “ainda não estou ganhando o suficiente” ou “e se alguma coisa acontecer”? Bate uma exaustão, não é?

Pois bem, percebi que ainda vivemos a maior parte do tempo com medo de faltar, e que este é um fenômeno mundial, que afeta ricas e pobres. Nos afeta. Me afeta. Afeta as grandes milionárias, pois existe o medo de perder o que já conquistou, o medo de não conquistar o que quer, de não conseguir se tornar quem você quer ser ou, simplesmente, sentir que não está encontrando satisfação com o que ganha ou na forma como utiliza o seu dinheiro.

Ideias como "não tenho tempo suficiente, não tenho conhecimento ou experiência suficiente, não dormi o suficiente, não fiz exercícios o suficiente, não tenho clientes o suficiente, não sou bonita o suficiente"...podem vir automaticamente e tomar a maior parte de nosso diálogo interno, de nosso tempo. Isso vira pode formar um padrão mental que molda sua realidade, pois acaba criando uma existência pautada pela insatisfação.

Tenho visto muita gente ressoar com estas ideias. Passei boa parte da vida numa "caça" desenfreada para conquistar o que eu achava que estava faltando, até que cansei de olhar a metade do copo vazio e resolvi investigar uma nova possibilidade para ser mais próspera e realizada.


Graças a uma mudança de padrão mental alcancei uma nova perspectiva e hoje levo a lida com mais confiança e leveza, e me sinto profundamente inspirada em trazer mais clareza para esta grande mentira que é a escassez. Isso é sério, pois um padrão mental apoiado na escassez é o principal obstáculo que impede empreendedoras e executivas de ter autoconfiança e liberdade financeira.

Quando parei e busquei ajuda profissional de quem já chegou aonde eu queria estar, quando considerei uma nova possibilidade, pude começar a ativar a abundância em minha própria vida para valer, e tudo mudou.

Então, hoje pergunto: se essa sensação de “não ter o suficiente” deixasse de estar presente para você, quem poderia se tornar e o que poderia alcançar?


Se este assunto toca você, quero que saiba que estou aqui para conversar e descobrimos juntas como você pode se fortalecer neste momento.